Educação, competências e os perfis de trabalhos circulares

Estamos vendo o tema da Economia Circular avançar em várias direções – em ações de design de produto, no contexto de desenvolvimento de ferramentas para rastreabilidade de produtos e resíduos, em áreas de educação, politicas públicas e ecossistemas de inovação. Mas, como viabilizar as oportunidades? Como estabelecer um novo equilíbrio econômico na cadeia produtiva eliminando barreiras e desigualdades? Quais atores da cadeia devemos envolver na discussão?

TODOS! Variados atores precisam estar juntos e dispostos a criar NOVAS REGRAS, NOVAS BASES COMERCIAIS e uma NOVA GOVERNANÇA.

Com base em referências globais e em um trabalho liderado pela Câmara de Comércio Alemanha – Brasil, estamos pesquisando as competências e os perfis dos profissionais que irão estimular as estratégias de transição circular nas empresas.


E você, onde será que se encaixará?

São 3 perfis de trabalhos circulares diferenciados e complementares que irão viabilizar a transição, além do papel essencial do facilitador.

Circular direto: profissionais que vão constituir as bases da Economia Circular com atividades práticas de reparo, reciclagem, entre outros;

Circular habilitador: são perfis essenciais para acelerar a transição e que vão trabalhar na construção das plataformas digitais, na estruturação dos modelos de leasing e etc;

Circular indireto: são aqueles que vão trabalhar nas áreas de educação, desenvolvimento de políticas publicas, logística etc…

E, finalmente, o facilitador, que aparece como um elo essencial em todos os países, com o papel de articular todos os atores, viabilizar conversas, estimular políticas publicas, fazer o nivelamento conceitual, facilitar o desenvolvimento de projetos e promover campanhas de conscientização.

No filme Um Presente a Prova de Futuro, do qual participamos da concepção e produção, tentamos expressar o conceito da Economia Circular na prática. O filme estreia dia 1 de Outubro nos cinemas.

Ficou com curiosidade para saber mais? Vem falar com a gente. Clica ao lado e envia um e-mail > aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *