2020 começou bem para a Economia Circular

E o ano começou bem para a Economia Circular!!

Na verdade, nossa jornada já se fortaleceu na COP25, quando estivemos presentes e vimos o lançamento do EU Green Deal (saiba mais, no link ao lado –> aqui), onde a Economia Circular apareceu em destaque como um novo caminho e direcionamento para a economia européia.

Agora vemos o resultado de pesquisas que criam diretrizes e ferramentas para ajudar empresas no processo de transição da Ellen MacArthur Foundation (–> Ellen MacArthur Foundation) e do WBCSD (–> WBCSD). É um marco, nestes 10 anos de debate global sobre o tema, ainda novo, mas que se torna cada vez mais importante na agenda dos negócios e das empresas.

É como dizemos: precisamos pensar além do olhar de fluxo de materiais e design de produtos e por isso que trabalhamos sobre as 4 dimensões da Economia Circular: Fornecimento Circular, Fluxo Circular, Governança Circular e Negócios Circulares.

Entre em contato com a Exchange4Change Brasilm se quiser aprender mais. Basta clicar ao lado –> aqui.

“Going way beyond simply measuring products and material flows, Circulytics has arrived at a crucial time. Companies around the globe are adopting the circular economy as an opportunity to create thriving businesses that meet the challenges of global issues such as climate change and pollution.” By Circulytics.

Saiba mais sobre o Circulytics no link ao lado –> aqui.

Tivemos o privilégio de participar da produção de importantes artigos sobre Economia Circular já no início deste ano. Vale a leitura! Os arquivos estão disponíveis para download logo abaixo:

Circular Transition Indicators: clique ao lado –> aqui.

WBCSD and Circular IQ partner to scale up the circular economy uptake by business: clique ao lado -> aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *