Parceria e troca de conhecimento: a essência da Exchange4Change Brasil

Parcerias são importantes para mostrarmos que juntos somos mais fortes. A colaboração une habilidades e cria uma relação de confiança para co-criar soluções de alto impacto, e que, com um olhar único, não teria o mesmo resultado.

Neste contexto, é uma honra anunciar:

“Maxiquim e Exchange4Change Brasil se unem para oferecer ao mercado conhecimento técnico da indústria química, petroquímica e de plásticos com o expertise de Economia Circular, visando trazer o olhar de oportunidades do mindset circular ao mercado brasileiro.”

Já conquistamos, juntas, a proposta para desenvolver o índice de reciclabilidade de embalagens, com base na adaptação ao mercado brasileiro da ferramenta internacional RecyClass, desenvolvida pela Plastics Recyclers Europe. Aguardem que vem mais coisa boa por aí!

Conheça mais sobre a Maxiquim no link ao lado –> Maxiquim.

 

Economia Circular do Plástico em debate

Durante a Recyplastech, evento da Plástico Industrial (conheça no link ao lado –> Plástico Industrial), que discutiu tecnologias e soluções para a Nova Economia do Plástico, e o Seminário de Competitividade da Abiplast (link ao lado –> Abiplast) e da Plástico em Revista (Link ao lado –> Plásticos em Revista), debatemos, junto à Maxiquim, a o tema da Nova Economia do Plástico, com grande foco na reciclagem e nos novos impactos para a imagem do plástico hoje.

Muito bom ver a indústria se mobilizando para o tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *